Translate

Videos

Loading...

terça-feira, 29 de julho de 2014

Mago Menino

 
 
Momento especial quando o vento do tempo sopra
em seu rosto fazendo cócegas, abrindo um sorriso.
Momento mágico em que anos se desfazem e
seu riso de menino sacode o tempo.
Voam as marcas dos anos e somente o mago menino,
 com o poder de um sorriso ,
encanta e fascina essa humilde e atenta plateia.
 Que se pudesse e mágica fizesse,
pararia o tempo nesse momento,
para ouvir seu riso ecoar na eternidade para sempre.

sábado, 26 de julho de 2014

Certo homem carrega peso demais.


Imagem :Tomasz Alen Kopera - Pinturas
Certo homem carrega peso demais.
 Às vezes seu stress, suas preocupações e planos em relação aos mesmos problemas não os resolviam só pesavam mais ainda.
Ele carrega peso demais por coisas que não são e jamais serão essenciais.Sei disso porque já fui assim também.
Ele possui muitos “vocês” para cada situação.
Tem o você que quer ajuntar bens perecíveis...
Temo  você que aparenta o que não é, nunca foi e nunca será...
Tem o você que faz amigos por interesse e esquece-se daqueles que querem ama-lo sem interesse...
 Tem o você que é incapaz de ser agradecido a alguém que, apesar dos erros, sempre esteve ao seu lado ...
Tem o você que procura as guerras para não encarar a sua própria imagem no espelho. Então a culpa é do outro...
Tem o você que se recusa a se colocar no lugar do outro, porque só o que importa é seu ego... Tem o você que acorda todo dia e reclama sem nunca olhar o sol nascendo, os pássaros cantando agradecidos...
Tem ovocê que se esconde na sua falsa capa de superioridade para não revelar sua inferioridade...
Tem o você que deseja o céu mas ignora a morte porque supõe que não pode acontecer com você...
 Tem o você que não suporta a verdade que um dia não existirá mais seu você.
 E ai?Como resolver?
Talvez seja a hora de parar de pensar somente em você e pensar no outro.
 Para que sinta prazer em olhar para você no espelho onde conseguirá olhar para seu eu interior sem se envergonhar do que vê.

Su Aquino

sábado, 19 de julho de 2014

Nu


 
Despido o poeta dos versos.
Um a um se despedindo gratos pela liberdade.
Exposto o homem nu de versos e reversos.
Palavras duras, puras. corpo febril na ânsia da cura a mercê de outro querer...
Minha pele nua também febril de encontro a sua...
Ambos indo de encontro à cura.

terça-feira, 8 de julho de 2014

Fila


  Sem duvida o que nasceu, morre.
Só não sabemos como acontece nem quando.
Estamos todos numa fila
aguardando a chamada.
Alguns cortam a fila...
Nesse intervalo de espera
             sonhamos,realizamos,ganhamos e perdemos.
Alguns preferem esperar trancados dentro de si mesmos
sentados no seu deserto interior.
Outros preferem interagir, aprender e ensinar.
Porem o certo é que os humores variam
pois ninguém é primavera o tempo todo;
E assim seguimos aprendendo a sobreviver
nas estações do ano.
Sentimos o perfume das flores, o cair das folhas,
os chuviscos, as tempestades,
o frio e a seca.E às vezes perguntamos
qual é o sentido disso tudo...
Já vivi muitas mudanças de estações.
Vi muitos abandonarem a fila.
Quando um nome é chamado não existe engano.
Então a solução é relaxar e aproveitar a companhia.

De Ti



Eu completo lacunas das entrelinhas
Faço bolhas coloridas de sabão com sonhos que flutuam em meio a palavras suas
Danço em meio as cores ,som sem dores
Unem se as bolhas formando um arco Iris de cores
Escorregador de sonhos  segredo das lacunas tão repletas,
de ti.