Translate

Videos

Loading...

domingo, 12 de maio de 2013

Zé i Rosinha no dia das mães


I meu deus, Rosinha já ta inventano di novo,
vixe agora qué faze festança di nu segundo dumingo di maio, i eu qui quiria pesca, mas minha muié disse que é um tar di dia das mães,intão já ki é ansim , resorvi chama minha véia...
agora Rosinha vai ve como é bão te sogra ( ri,ri, ri).
Afinar minha véia cum certeza vai pegar nu pé di Rosinha, i brigar cum a jararaca da mãe dela, até ki infim vo ter arguma mordomia.
I assim ela cunhecia minha fia...
Assim num dumingo di manhã ela chego, e fui pega minha véia na cidade.
Ela já mi acho magrinho, i disse que ia insina Rosinha a mi cuida, na mesma pensei , acertei ....agora é minha veis
Quando chegamos im casa , Rosinha veio cum a Ymim nu colo, acompanhada da Jararaca, é tumbém tava perto a cabrinha Clotilde, a famia tava completa,
Minha véia si aproximo e por ysmim se derreteu, assim dispois di muito tempo a véia na minha casa intro.
Rosinha tinha feito canjica, galinha cozida , pamonha i arroz doce , eita trem bão que festança, eu lógico fui pegar minha mio cachaça pra comemora. Foi quando a minha a jararaca da minha sogra disse o Zé num bebe, que deposi do armoço você tem que i pra roça trabaia , iiRosinha meu copo tiro, e pior ainda minha mãe concordo.
Ai qui diaxo , me lasquei di novo, afinar perdi minha mae i ganhei mais uma sogra , desuu mi livre as treis si uniram , agora lasco...
Mais pensei bão é um fim di semana só, logo passa, foi quando tive minha maio surpresa.
Um homi numa carroça cum puxada pur um burrico magrelo, veio trazendo as coisas da minha véia ...
I Rosinha mi disse assim:
-Zé tenho uma surpresa proce, fique feliz , mãe veio pra fica!
E a minha sogra falou :
-Agora o Zé entra na linha .
I minha mãe completo:
- Eu ajudo ocêis,
Quase caio duro, mais coloquei um sorriso no rosto, iguar aquele ki uso na missa di domingo, i pensei faze o que é a vida, i mi lasquei di novo...
Vo te ki trabaia dobradu...e sei lá quando vo pode pesca...afinal esse cunvite pra minha mae, foi um tiro nu meu pé...

Su Aquino e Ricardo Vichinsky

Nenhum comentário:

Postar um comentário