Translate

Videos

Loading...

sábado, 29 de setembro de 2012

E teus olhos marejam...




E teus olhos marejam...


Desde a tarde a alma está inquieta.
Na madrugada se impôs
Acordou o corpo e o pôs de pé.
Sem vacilar abriu a porta.
Que a razão evita abrir.
Sem surpresa contemplo-te aqui.
Meu coração implora e tu ouves.
Não diga nada que evaporo.
Viro nada e me desfaço.
No silencio nos contemplamos.
Com respeito observamos.
Nossos rastros tão opostos.
Leitura de atualizações.
Duas almas se falando.
Sem palavras se atualizando.
Descobrindo em que parte da caminhada estão.
Desejando um encontro sem autorização.
Em algum momento se cruzaram.
No amanhecer da vida se contemplaram.
Tão frágil o coração. Tão forte a emoção.
Almas que só desejam esquecer as convenções.
Vem a verdade em contramão.
Não é o momento... ainda não.
Será aqui?Ou alem da imaginação?
Sei que me lês...
E teus olhos marejam.
..

Coleção Alma


http://youtu.be/-hKGjS4ZSkM

Nenhum comentário:

Postar um comentário