Translate

Videos

Loading...

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Adeus Karlos Olhos Azuis



Adeus Karlos Olhos Azuis


Apagou-se a luz azul.
Calou-se a voz inconfundível.
Voz sempre a criar polemica.
Especialista em retirar máscara.
Não tinha medo da feiúra das faces desnudas
Conversa torta contigo não tinha vez.
Tudo iluminado era tua lei.
O amor se agradou e te escolheu.
Mandou-te uma Helena e no teu coração escreveu:
É tua vez.
Amor virtual que virou real.
Anos juntos a caminhar.
Um sem o outro impossível imaginar.
Nessa fila em que estamos chegou tua vez.
A tristeza cobriu de luto as salas e o Orkut.
Todos sem exceção admitem:
O ambiente nunca mais será o mesmo.
Amigos, mesmo virtuais,quando sinceros,estão interligados.
O coração não possui máscaras e se veste de luto.
Tristeza pela partida e certeza do reencontro, um dia.
E na fila seguimos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário