Translate

Videos

Loading...

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Prisioneiro meu


Prisioneiro meu

Voa o pensamento no Pégaso Alado da imaginação.
Vivendo a imortalidade da simbologia.
Ouvindo os sons das asas da fantasia.
Música no infinito. Acordes de alegria.
Pousa o Pégaso no sua varanda.
Adormecido seu corpo nu.
Invadido pela luz da lua sem pudor.
Abandonado pela entrega de uma espera.
Aprisionado pelas algemas prateadas do meu querer.
Prisioneiro meu em um leito de prazeres.
Prisioneiro da minha entrega submissa a satisfazer seus desejos.




http://youtu.be/TGRK_ja0Iv0






Série Bruxo

Nenhum comentário:

Postar um comentário