Translate

Videos

Loading...

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Sem ensaio



Sem Ensaio

A noite pode ser longa.
Mais o poeta não é aprendiz.
Flutua pelas horas e faz sonhar.
Com a música da voz, comanda a dança.
Sutil são os acordes sem ensaio.
Expedição de bandeirantes...
Encantamento indígena...
Mistura de heranças.
Trazidas de outros tempos.
De mãos dadas pela madrugada.
Faz do improviso uma realidade.
Sutil é o toque de sua voz.
Entrega tudo ....oferece nada.
Recebe e transforma em chocolate branco sua miragem. Real.
Adormecido mundo para esses seres especiais.
Quando o sol acorda tocando a música da realidade.
Percebe-se que já entrou pela porta a saudade.
Que calor bom para namorar.
Numa cachoeira, ou quem sabe numa banheira.



http://youtu.be/DH55NnEXLx4




Série asas

Nenhum comentário:

Postar um comentário