Translate

Videos

Loading...

terça-feira, 11 de setembro de 2012

SU AQUINO, NA MINHA SALA DE ESTAR!(HERMÍNIA ROHEN)


SU AQUINO, NA MINHA SALA DE ESTAR!


Su, minha doce poetisa alada, é um prazer tê-la aqui na minha sala de estar! Quero elogiar o poder da sua Pena em nos transportar para os seus textos. Obrigada pelo carinho em ajudar-me neste trabalho!

Querida poetisa. Foi uma honra me incluir em sua lista de entrevistas.Obrigada.

01-Su, em que momento da sua vida você trocou a boneca pela "Pena"?
Essa pergunta me levou de volta a infância. Despertou-me lembranças boas (senti até o gosto das jabuticabas). Imaginação sempre fez parte da minha vida. Ouvia estórias de índios, escravos, portugueses. Contadas pelos parentes idosos.
Nos álbuns antigos fotos de pessoas que tinham também deixado registrado sua passagem. Muito dos índios que não esqueciam seus antepassados nessas estórias.Com tantas culturas diferentes aprendi a respeitar as crenças de cada um.Mais de tudo que aprendi , observei e vivi ,sou cristã. Jesus Cristo é real. Criar sempre foi normal. Envolver as crianças em fantasias era brincadeira, era rotina.Sempre preferi mais um livro que uma boneca..Porém escrever começou com uma redação sobre um acontecimento rotineiro, na escola.Ainda nas séries iniciais. Lembro-me do cuidado com travessão, letra maiúscula, ponto. O medo de não conseguir . E da vergonha que senti quando ela foi lida para a sala toda.

02- Existe alguma diferença, poeticamente falando, entre a Su Aquino e a Ministra da Moda do Reino Gorobixaba?
Em minha opinião existe sim. Gorobixaba é um Reino de fantasia criado por Aleixenko.Quando recebi o convite fui analisar antes de aceitar.Mesmo que seja uma brincadeira é compromisso.Su Aquino pode postar o que quiser em sua escrivaninha.A Ministra da Moda do Reino de Gorobixaba tem que respeitar a ideia do criador do reino.(Monteiro Lobato criou seu sitio,Aleixenko seu reino.)
03- Comecei a ler-lhe por indicação do Facuri, época em que houve uma verdadeira "procissão" em edição da interação"SER POETA É...!", da qual fiz parte (aliás, obrigada pelo capricho e carinho da minha página, gostei tanto que chorei muuuuuuito! rsrs), notei uma certa resistência da sua parte. Isso se deu ao fato de eu usar um "avatar", de eu ser uma nova recantista ou por que mineira é assim, "uai"?
Nenhum desses motivos. Essa interação começou com a poesia do Mauricio Claudio.Achei tão linda que fui atrás de uma imagem e dei lugar de honra.Em seguida vieram os outros.Antes de escolher uma imagem eu analisava as digitais dos poetas nas suas poesias.E seguia minha intuição.Foi durante a interação que percebi que ídolos tem pés de barro(alguém que eu admirava muito me decepcionou).Chegou visita em casa.Foram os acontecimentos que deram impressão de resistência.Me senti honrada pela presença de cada poeta e poetisa ali.
04- Su, a Ministra da Moda do Reino de Gorobixaba Suenka Aquinova não é um tipo de fake?
A Ministra da Moda do Reino De Gorobixaba Suenka Aquinova é uma personagem criada pelo Primeiro Ministro Aleixenko. Que me escolheu para dar vida.Escolha que muito me honrou.Todos sabem quem sou eu e onde me encontrar.
05- Como sua seguidora, percebo a diferença nas edições das séries "Asas" e "Bruxo". Na série "Asas" há poesias suaves, encantadoras e envolventes, típica do amor; na série "Bruxo" há muita sensualidade, magia e um apelo que é puro fogo! Existem inspiradores distintos para cada série ou qual é o SEU critério?
Na verdade são três séries. Alma,Bruxo e Asas.
A série Alma o inspirador é alguém do passado bem presente. Que reside aqui em Cuiabá.Nessas poesias o critério sempre é o coração desde os 17 anos.O sentimento não mudou.As escolhas e os compromissos fizeram a realidade do hoje.Como sei que sua entrevista será lida por ele.(porque nunca participei de uma entrevista)Direi,o coração não mudou.Essa pessoa não escreve no Recanto das Letras.Apesar de escrever muito bem,seus textos não estão aqui.
A série Bruxo é inspirada nas poesias de um poeta. Que admiro demais pela sutileza dos versos.Pela capacidade do poeta de me encantar como homem,escritor e poeta.Mais nessa série somente fogo em versos mesmo.
A série Asas é inspirada nas poesias de outro poeta. Um encantador amigo. Querido demais por todos.
Os três sabem que escrevo inspirada neles ou nas poesias deles.
Critério: Aprender a escrever poesias sensuais. Conto sempre com um mestre para analisar e na série Alma é desabafo mesmo.

06- Quais são os seus poetas preferidos?
Vou fazer o seguinte: Se aparecerem na capa eu leio mesmo.
Ricardo Vichinsky, Jasper Carvalho, Felipe F Falcão, Setedados, Nasser Queiroga,Djalma CMF,Irineu Jost,Facuri,Edilson Biol,Gajo costa,JCoelho,Mário Feijó,Cacaubahia,Nereu Airto,Aleixenko,Lorenzi Monteiro, Adilton Gomes Silveira, Silvanio Alves, Sóstenes, Mordegane,Paulo César Coelho,Abreu Martins,Amorinn,César Queiroz,Fabuloso,Edson dos Santos,Edson Peres,Mauricio Claudio, Jonas Caeiro,Miguel Jacó,Leonel Santos,Emmanuel Almeida, Hanilto,Carlos Celso Carcel,Chico Mesquita,Tony Bahia,Julio César Dorzan,Eccel,CasMil,Vanderley Maia,Gutapires,Da Montanha.E muitos outros que não consigo lembrar no momento.

07- E poetisas?
Verita(saudade!), Menina Sorriso, Ray Nascimento,Simone Moreira,Nina Costa,Lidyene Maryen,Herminia Rohen,Ione Rubra Rosa,Silvia Regina Costa Lima,Sandra Ribeiro,Nara Stern,Fernanda Xerez,Marlene Araújo a poetisa,Terezinha Souza,Sandra Rosa,Vera Feliz,Lianatins,Dalva Lucia, Eterna Zetética,Katheen Lessa,Lourdes Borges,Zuleika dos Reis,Lenapena, Nativa,Nana Okida,Marcela Re Ribeiro,Isis Inanna,Susibackes, Oliveira Rosa, Fatima Galdino, Saleti Josefi,Ana stoppa,Sandra Ribeiro Sp,Vana Fraga,Chis Vitor,Isis Dumont.E muitas outras que não consigo lembrar no momento.
08- Nesta ordem com, no máximo, três palavras:
a) Alegria: Paz, saúde, fé.
b) Revolta: Uma escolha errada...
c) Inspiração: Sempre presente.
d) Nostalgia: Lembranças boas.
e) Morte: Uma realidade. Que nos iguala.
09- Cinco qualidades:
Sinceridade nos sentimentos.
Gosto de dividir coisas boa.
Ajudar sem segundas intenções.
Fidelidade aos amigos.
Buscar sempre o melhor nas pessoas.

Cinco defeitos:
Sou direta.
Ignoro quem me magoa.
Ouço opiniões mas a decisão é minha.
Quando estou trabalhando em algo aceito opiniões, porém não tolero invasões.
Tenho prazer em dividir, mas se tentar se apossar é o mesmo que me chamar de burra.


10- Finalizando,deixe um texto ou poesia, a seu critério:

Das Vantagens de Ser Bobo

O bobo, por não se ocupar com ambições,
tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo.
O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: "Estou fazendo. Estou pensando."

Ser bobo às vezes oferece um mundo de saída porque os espertos só se lembram de sair por meio da esperteza, e o bobo tem originalidade, espontaneamente lhe vem a idéia.

O bobo tem oportunidade de ver coisas que os espertos não vêem. Os espertos estão sempre tão atentos às espertezas alheias que se descontraem diante dos bobos, e estes os vêem como simples pessoas humanas. O bobo ganha utilidade e sabedoria para viver. O bobo nunca parece ter tido vez. No entanto, muitas vezes, o bobo é um Dostoievski.

Há desvantagem, obviamente. Uma boba, por exemplo, confiou na palavra de um desconhecido para a compra de um ar refrigerado de segunda mão: ele disse que o aparelho era novo, praticamente sem uso porque se mudara para a Gávea onde é fresco. Vai a boba e compra o aparelho sem vê-lo sequer. Resultado: não funciona. Chamado um técnico, a opinião deste era de que o aparelho estava tão estragado que o conserto seria caríssimo: mais valia comprar outro. Mas, em contrapartida, a vantagem de ser bobo é ter boa-fé, não desconfiar, e portanto estar tranqüilo. Enquanto o esperto não dorme à noite com medo de ser ludibriado. O esperto vence com úlcera no estômago. O bobo não percebe que venceu.

Aviso: não confundir bobos com burros. Desvantagem: pode receber uma punhalada de quem menos espera. É uma das tristezas que o bobo não prevê. César terminou dizendo a célebre frase: "Até tu, Brutus?"

Bobo não reclama. Em compensação, como exclama!

Os bobos, com todas as suas palhaçadas, devem estar todos no céu. Se Cristo tivesse sido esperto não teria morrido na cruz.

O bobo é sempre tão simpático que há espertos que se fazem passar por bobos. Ser bobo é uma criatividade e, como toda criação, é difícil. Por isso é que os espertos não conseguem passar por bobos. Os espertos ganham dos outros. Em compensação os bobos ganham a vida. Bem-aventurados os bobos porque sabem sem que ninguém desconfie. Aliás não se importam que saibam que eles sabem.

Há lugares que facilitam mais as pessoas serem bobas (não confundir bobo com burro, com tolo, com fútil). Minas Gerais, por exemplo, facilita ser bobo. Ah, quantos perdem por não nascer em Minas!

Bobo é Chagall, que põe vaca no espaço, voando por cima das casas. É quase impossível evitar excesso de amor que o bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor. E só o amor faz o bobo.


Clarice Lispector



Su, obrigada por sua presença! É uma honra ter uma poetisa com o poder da sua Pena em minha sala de estar!
Eu que agradeço por sua amizade e pelo espaço na sua sala. Sinto-me honrada com sua amizade.Porque você é um ser humano especial.

23/04/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário