Translate

Videos

Loading...

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Liberdade



Liberdade


Sou como o vento que corta o espaço.
Nada prende ,nada segura.
Quando resolve se transformar revira tudo.
Transforma valores estabelecidos em quimeras.
Razão em pó de ilusão.
Espalhando a ilusão pelo infinito de mundos.
Cavalo bravo sem arreio, sem domador.
Vira Pégasus, abre as asas.
Lança-se atrás das emoções sem medir consequências.
Só importa o voo. Impressionável voo....
Liberdade conquistada em outras eras.
Venta a liberdade dos ancestrais.
Canto indígena na floresta do Ser.
Instaura o conflito ,mantém o controle.
Nada consegue aprisionar esse vento que venta
liberdade.


http://youtu.be/yUqxiSE-wpY

Nenhum comentário:

Postar um comentário