Translate

Videos

Loading...

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Caminhando


Caminhando


A natureza e seu eterno ciclo de repetições.
Nessa órbita elíptica que nada influem nas estações.
Estações diferentes em cada lugar.
Inverno de noites longas, dias curtos.
Inicio de setembro, meu coração a te saudar.
Juntando as palavras tentando te enredar.
Posso ver seu sorriso a me iluminar.
Mundo silencioso, natureza a encantar.
Esse mundo tão presente de poemas, sem dilemas.
Muita pele, muita realização, muita satisfação.
Quatro paredes sem muita vacilação.
Muito desejo muita excitação. Nada de complicação.
Um poema da vida encenado sem cortes, sem brecha.
Dispensando as palavras sem nexo, as mensagens incertas. Valorizado o fluir de novos sentimentos.
Saudando a primavera sem nenhuma hesitação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário