Translate

Videos

Loading...

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Cavernas





Cavernas

Pela fresta de nossas cavernas interiores nos acostumamos a ver sombras.
Sombras que acreditávamos ser a realidade da vida.
Nada alem disso existia até o momento que as correntes se soltaram...
Rastejamos para o único lugar possível: a fresta de luz.
Famintas nossas pobres almas... livres das sombras.
Claridade insuportável, desfalecemos em meio ao infinito de possibilidades.
Devagar despertamos ,temerosos caminhamos. Tateamos até nos acostumarmos com a luz.
Tanto espaço nos assusta, às vezes tememos ter que voltar e se prender na caverna, outras vezes anseia -se por fazer isso...
Mas o desejo de aprender e desfrutar nesse infinito nos encanta!
No caminho percorrido armadura e armas para defesa fomos adquirindo.
Numa parada da estrada nos encontramos, guerreiros de sua própria guerra interior.
Sentados nesse oásis estamos. Ambos se encantando.
Sem falar do passado, nem do futuro, vivendo o presente.
Desejando e temendo o momento de expor cada um sua caverna.
Cada um achando impossível sobreviver a esse momento.
Guerreiros que batalham dia após dia. Se alegrando por cada nascer do sol.
Agradecidos pela mão do Criador que soltou as correntes e abençoou com seu amor.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário