Translate

Videos

Loading...

sábado, 6 de outubro de 2012

Decreto da Pena




Decreto da Pena
Segue caminho esta pena.
Corre solta pelos mundos.
Encantar sua missão.
Encanta os mundos esta pena!
Em outras línguas ela rima.
Ignora distancias esta pena viajante.
Atrevida esta pena. Audaciosa no rimar.
Tantas notas desenhando no seu caminhar
Recebe juras, pedidos sem cessar.
Muita lágrima esta pena viu rolar.
Nada interrompe seu caminhar.
Segue livre esta pena, os mundos a desbravar.
Universo infinito a desvendar
Livremente esta pena um decreto assinou.
Nunca mais vai se encantar pela pena poderosa.
Do poeta sem noção,que da pena faz prisão
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário